Espirro de odor desagradável: por quê? ➜ 【novembro 2018】

Espirro de odor desagradável: por quê?

Espirro de odor desagradável: por quê?

Espirro de odor desagradável: por quê?

O espirro existe como um reflexo porque algum corpo estranho e indesejado ou irritante está nas nossas vias respiratórias superiores, e serve para expulsá-lo. Geralmente nossos espirros não possuem nenhum odor mais forte ou desagradável, quando isso ocorre, devemos estar atentos, mas normalmente não significa nada muito grave a ponto de colocar a vida em risco.

Porque meu espirro tem um cheiro desagradável?

Apesar de não ser nada extremamente grave, nunca saberemos quando um espirro virá acompanhado de um odor desagradável, o que pode causar, no mínimo, algum embaraço diante das pessoas.

As principais causas possíveis para os espirros acompanhados de mau cheiro são:

A sinusite é a mais provável de todas as causas possíveis para um espirro com mau odor. Nossos seios nasais são cobertos por um epitélio que produz muco, o que é importantíssimo para manter essa região lubrificada, como uma forma de proteção. Porém, essa lubrificação também pode ser pega por microrganismos e substâncias externas que podem causar alergia.

Em estado normal, a função de lubrificação não incomoda a maioria das pessoas, mas no caso de infecção crônica ou muco de limpeza por diversos motivos, a produção de muco aumenta a ponto de entupir os seios nasais.  Quando isso ocorre, a região fica propícia para o crescimento de organismos que se multiplicam em condições de umidade e menos oxigênio. Provocando assim, a acumulação de toxinas e liberação de sulfeto de hidrogênio, causando mau cheiro. Esses microrganismos se espalham através da comunicação interna entre nariz, ouvidos e garganta.

 Halitose:

A halitose também pode ser a causa de um espirro com odor desagradável, não que seja algo relacionado diretamente ao espirro, mas justamente por causa desta comunicação anatômica interna entre nariz, ouvidos e garganta, uma halitose pode provocar um espirro com mau cheiro. Vários fatores podem contribuir para a halitose, ou mau hálito, que podem ser devidos uma má higiene bucal, por causas sistêmicas subjacentes, ou mesmo por uma combinação desses fatores.  Quando a causa do mau cheiro durante o espirro é a halitose, este odor desagradável se mantém não apenas no espirro, mas a todo momento. Nestes casos, recomenda-se uma avaliação profissional e a utilização de antissépticos bucais antibacterianos e uma limpeza regular da língua.

Periodontite:

Uma doença nas gengivas pode provocar a formação de uma série de inchaços que dificultam o acesso para uma higiene bucal adequada, e se tornam depósito que acumulam germes, bactérias e outros muitos organismos que contribuem para o mau cheiro e consequentemente para a halitose.  Para um tratamento mais eficaz, procure um dentista de forma a buscar um diagnóstico mais exato e tratamento adequado, que pode incluir antibióticos, anti-alérgicos e descongestionantes nasais.