Bula Termo-ped

Bula Magnostase
abril 28, 2017
Bula Cefitrax
abril 28, 2017

Apresentação de Termo-ped

sol. 200mg/ml fr. c/ 15 ml – sabor tutti-frutti

Contra-indicações de Termo-ped

Termo-ped é contra-indicado em pacientes que sejam hipersensíveis ao paracetamol ou a qualquer outro componente da fórmula. A relação risco-benefício deve ser avaliada em pacientes com doenças hepáticas, hepatite viral ou alcoólatras, devido ao aumento do risco de hepatoxicidade, ou naqueles que apresentam a função renal muito prejudicada.

Efeitos Colaterais de Termo-ped

Pode ocorrer reação de hipersensibilidade, sendo descritos casos de erupções cutâneas, eritema pigmentar fixo, urticária, angioedema e choque anafilático. Lesões eritematosas na pele, febre, assim como hipoglicemia e icterícia ocorrem mais raramente. A incidência de agranulocitose, anemia, dermatite alérgica, hepatite, cólica renal, falha renal, urina turva e trombocitopenia pelo uso de paracetamol é rara. O paracetamol pode prejudicar a função renal, podendo resultar em uremia, especialmente com o uso prolongado de altas concentrações em pacientes com alterações renais pré-existentes. O uso prolongado de paracetamol também pode estar associado a um risco aumentado de insuficiência renal crônica (nefropatia analgésica), mesmo naqueles pacientes sem alterações da função renal. Em pessoas com comprometimento metabólico, ou mais susceptíveis, pode ocorrer acidúria piroglutâmica. O paracetamol pode interferir com vários exames laboratoriais como os sistemas de medida de glicemia em fitas reagentes, diminuindo em até 20 % os valores médios de glicose. Os resultados do teste de função pancreática, utilizando a bentiromida ficam invalidados, a menos que o uso de paracetamol seja descontinuado três dias antes da realização do exame. Na determinação do ácido úrico sérico, o paracetamol pode produzir valores falsamente aumentados, quando for utilizado o método de tungstato. O paracetamol pode produzir falsos resultados positivos na determinação qualitativa do ácido-5-hidroiindolacético, quando for utilizado o reagente nitrozonaftol. O paracetamol pode interferir nos resultados de alguns testes laboratoriais como a determinação da concentração de bulirrubina sérica, atividade do lactato deidrogenase, tempo de protrombina e atividade de transaminase sérica.

Posologia de Termo-ped

Adultos e crianças acima de 12 anos: 35 a 55 gotas, três a cinco vezes ao dia. Não exceder mais do que o total de cinco administrações por dia. Crianças até 12 anos: deve ser administrado na dose de uma gota por kg de peso, por dose (por exemplo: uma criança com 10 kg deverá tomar 10 gotas, com 20 kg tomará 20 gotas e assim por diante), até o limite de 35 gotas por dose. Essa administração pode ser repetida quatro a cinco vezes por dia, com intervalos de quatro a seis horas, não devendo ultrapassar cinco administrações por dia. Termo-ped pode ser administrado diretamente na boca ou diluído em um pouco de água.