Bula Tamaril

Bula Glucoreumin
abril 29, 2017
Bula Toragesic Solução
abril 29, 2017

Apresentação de Tamaril

cáps. gelatinosas: cx. c/ 20 cáps.

Informações sobre Tamaril

Ação esperada do medicamento Regularizar a função intestinal. Cuidados de armazenamento O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e da umidade. Prazo de validade 24 meses após a data de fabricação. Não use medicamentos com o prazo de validade vencido. Gravidez e lactação Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando. Cuidados de administração Tamaril está indicado como reeducador intestinal. Embora seus efeitos se manifestem logo após o início do tratamento, alguns pacientes mais crônicos podem demorar alguns dias para que o efeito laxativo comece a ocorrer. Siga a orientação médica, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Interrupção do tratamento Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Tamaril deve ser utilizado diariamente. Sua suspensão deverá ser gradual, devendo-se optar por doses em dias alternados de uma ou duas vezes por semana até excluí-lo. Reações adversas Informe ao médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como cólicas, diarréia ou vômitos. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. Ingestão concomitante com outras substâncias Os senosídeos em uso prolongado e em altas doses provocam perda de potássio. Por isto Tamaril deve ser usado com cautela conjuntamente com digitálicos e antiarrítmicos. Indometacina pode diminuir o efeito de Tamaril. A absorção de estrógeno diminui com o uso de Tamaril. O uso concomitante de Tamaril com outras substâncias de natureza laxante só pode ser feito sob orientação médica. A ingestão de uma dieta rica em fibras (verduras, frutas, legumes verdes, germe de trigo, etc) e a realização de exercícios que fortaleçam a parede abdominal podem ser úteis à ação de Tamaril. Contra-indicações e precauções Tamaril está contra-indicado: – nos casos de alergia a qualquer um de seus componentes; – na presença de dores abdominais de causa desconhecida; – nos casos de suspeita de oclusão e suboclusão intestinal; – nos processos inflamatórios abdominais como apendicite, peritonite, cistite e endometrite. Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

Indicações de Tamaril

Tamaril está indicado em todos os processos de obstipação decorrentes de dietas alimentares inadequadas e naquelas originadas por supressão crônica do reflexo de defecação. Desta forma são beneficiados com o uso de Tamaril a curto, médio e longo prazos todos os pacientes: idosos que ingerem dietas pobres em resíduos e possuem uma parede muscular deficiente para completar o reflexo de defecação; aqueles que apresentam obstipação por mudanças bruscas do padrão alimentar (viagens, dietas, internações); portadores de patologias anorretais que necessitam manter uma consistência fecal amolecida permanentemente (hemorróidas, fissura anal); pacientes submetidos a imobilização no leito por períodos prolongados (AVC, fraturas, pós-operatórios), convalescenças de doenças crônicas e caquetismo; crianças com distúrbios comportamentais e somatização para a área intestinal (encoprese, megacólon psicogênico, erros alimentares); pacientes que durante a gestação ou no período menstrual apresentam quadros obstipantes.

Contra-indicações de Tamaril

Tamaril está contra-indicado: na presença de dores abdominais de etiologia desconhecida; nos casos de suspeita de oclusão e suboclusão intestinais; nos processos inflamatórios abdominais como apendicite, peritonite, cistite e endometrite.

Uso na gravidez de Tamaril

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Interações medicamentosas de Tamaril

Os senosídeos em uso prolongado e em altas doses provocam perda de potássio. Por isto Tamaril deve ser usado com cautela conjuntamente com digitálicos e antiarrítmicos. Indometacina pode diminuir o efeito de Tamaril. A absorção de estrógeno diminui com o uso de Tamaril. O uso concomitante de Tamaril com outras substâncias de natureza laxante só pode ser feito sob orientação médica. A ingestão de uma dieta rica em fibras (verduras, frutas, legumes verdes, germe de trigo, etc) e a realização de exercícios que fortaleçam a parede abdominal podem ser úteis à ação de Tamaril. Efeitos colaterais Nas doses recomendadas, Tamaril raramente produz cólicas e diarréias. Entretanto, pacientes mais sensíveis à medicação podem eventualmente apresentar estas manifestações. No caso de aparecimento destes sintomas, a dose de Tamaril deve ser reajustada e adaptada ao paciente de forma individual.

Efeitos Colaterais de Tamaril

Nas doses recomendadas Tamaril raramente produz cólicas e diarréias, entretanto, pacientes mais sensíveis à medicação podem eventualmente apresentar estas manifestações. No caso de aparecimento destes sintomas, a dose de Tamaril deve ser reajustada e adaptada ao paciente de forma individual.