Por que as glândulas linfáticas inchadas?

Como afetam o comportamento e a personalidade da genética?
agosto 8, 2017
Como acabar com o ronco a Noite?
setembro 19, 2017

As glândulas linfáticas ou os linfonodos são pequenas glândulas ovais ou redondas presentes em todo o corpo. Juntamente com os vasos linfáticos, os linfonodos são parte do sistema linfático.
Por que as glandulas linfaticas inchar?

O sistema linfático é responsável de proteger o corpo humano de infecções ou qualquer outro desafio para o sistema imunológico.
Os gânglios linfáticos estão localizados superficialmente, logo abaixo de sua pele ou podem estar profundamente no corpo. Eles vêm em grupos e cada grupo corresponde a uma região específica do corpo.
O que faz com que as glândulas linfáticas-se inchar?
As glândulas linfáticas podem inflamar-se por muitas razões. Algumas são inofensivas, enquanto outras podem indicar um estado de saúde grave.
Algumas das razões são:
Infecções bacterianas, como a clamídia, sífilis, tuberculose, estreptococos e estafilococos.
Infecções virais como o vírus respiratórios comuns, mononucleose, sarampo, herpes e HIV.
Infecções fúngicas como a histoplasmose.
Infecções parasitárias como a leishmaniose e toxoplasmose.
Inflamação – as doenças inflamatórias, como o lúpus ou artrite reumatóide, podem causar inchaço das glândulas.
A reação adversa à vacina pode fazer com que as glândulas da axila-se inchar.

As DST (doenças sexualmente transmissíveis), como, por exemplo, a sífilis, fazem com que os gânglios linfáticos inguinal-se inchar.
Lipomas – crescimento inofensivo do tecido adiposo
Leucemia – câncer de sangue, originado na medula óssea
Linfoma – um tipo de câncer que se origina no sistema linfático.
Câncer – um tipo de câncer que se estende ao sistema linfático levará a glândulas linfáticas inchadas na região afetada. O câncer de mama causará um aumento dos gânglios linfáticos da axila, o câncer testicular causará aumento dos gânglios linfáticos inguinal e assim por diante.
Torção testicular – especialmente em crianças e adolescentes.
Como se diagnosticam os gânglios linfáticos inchados?
É muito importante consultar o seu médico se os gânglios linfáticos continuam aumentando de tamanho, se persistirem mais de uma semana ou duas, se não são dolorosos, se são duros, rubis ou não-móveis quando você pressiona contra eles.
O seu médico provavelmente vai querer saber quando notou um gânglio linfático aumentado, se você tem outros sintomas, se dói ou não, e se foi aumentado de tamanho.
Uma boa olhada no seu histórico médico e uma palpação do nódulo linfático ajudará seu médico a diagnosticar a causa correta do gânglio linfático aumentado.
Eles também pedirão algumas provas adicionais, tais como um exame completo de sangue, ultra-som, mamografia, tomografia computadorizada e até mesmo uma biópsia se há uma possibilidade de câncer.
Como são tratados os gânglios linfáticos inchados?
Em primeiro lugar, é muito importante obter o diagnóstico correto. Os gânglios linfáticos dilatados podem ser algo inofensivo, mas podem também ser o resultado de algo mais sério, como o câncer de mama, leucemia e linfomas.
As infecções bacterianas são tratadas com antibióticos. Os lipomas normalmente não requerem nenhum tratamento, mas também podem ser removidos cirurgicamente. Para os tipos de câncer, recomenda-se quimioterapia, radioterapia e cirurgia.