Bula Pilem

Bula Triaxton
abril 28, 2017
Bula Alfapeginterferona 2b
abril 28, 2017

Apresentação de Pilem

Comprimido: caixa com 2 comprimidos.
USO ADULTO
COMPOSIÇÃO:
Comprimido
Cada comprimido contém:
levonorgestrel ………………………………………………………………………………….0,75 mg
Excipientes: lactose, celulose microcristalina, laurilsulfato de sódio, croscarmelose sódica, dióxido de silício coloidal, talco e amido.

Indicações de Pilem

Pilem é um contraceptivo de emergência que pode ser usado para evitar a gravidez após um coito desprotegido ou quando há falha conhecida ou suspeita de um método contraceptivo. Para obter a máxima eficácia, o primeiro comprimido deve ser tomado o mais breve possível, dentro de 72 horas (três dias) após o coito. O segundo comprimido deve ser tomado 12 horas após o primeiro.
Como um contraceptivo de emergência, Pilem é indicado:
-quando nenhum contraceptivo foi usado.
-quando um método contraceptivo possa ter falhado, incluindo: ruptura, deslizamento ou emprego incorreto da camisinha; desalojamento, rompimento ou remoção antecipada do diafragma ou do tampão; falha na interrupção do coito (por exemplo: ejaculação na vagina ou na genitália externa); cálculo incorreto do método periódico de abstinência; expulsão do DIU e pílulas contraceptivas orais regulares tomadas de forma inadequada em um ciclo.
-em casos de estupro.

Contra-indicações de Pilem

-Pilem não deve ser administrado em casos de gravidez confirmada.
-Em casos em que não puder ser descartada a vigência de gravidez, recomenda-se a confirmação laboratorial antes da administração do medicamento (a paciente deverá estar ciente de que a medicação não será eficaz caso haja vigência de gravidez).
-Pacientes com hipersensibilidade a quaisquer dos componentes de sua fórmula.
-Situações em que haja ocorrência de sangramento vaginal anormal e de origem ainda não esclarecida.

Interações medicamentosas de Pilem

Algumas drogas podem acelerar o metabolismo de contraceptivos orais tomados concomitantemente. As drogas suspeitas de terem a capacidade de reduzir a eficácia dos contraceptivos orais incluem: barbitúricos, fenitoína, fenilbutazona, rifampicina, ampicilina, griseofulvina, as tetraciclinas (tetraciclina, oxitetraciclina, doxiciclina, limeciclina ou minociclina), oxcarbazepina, carbamazepina, primidona e aminoglutetimida.
Interação de levonorgestrel com varfarina foi relatada em usuária de anticoncepção de emergência. Sugere-se monitorizar a coagulação.
INTERFERÊNCIA EM EXAMES LABORATORIAIS:
Apolipoproteína A, lipoproteínas de alta densidade (HDL), colesterol total e triglicérides: as concentrações séricas podem estar aumentadas ou diminuídas e podem diferir dependendo do tipo de progestágeno, dose, posologia e duração da terapia. Em geral, todos os progestágenos diminuem as concentrações de triglicérides e colesterol total.
Apolipoproteína B e lipoproteínas de baixa densidade (LDL): as concentrações séricas podem estar aumentadas e podem diferir dependendo do tipo de progestágeno, dose, posologia e duração da terapia.
Gonadotrofina e globulinas ligadoras de hormônios sexuais (SHBG): as concentrações séricas podem estar diminuídas.
Testes de função hepática: os valores podem estar diminuídos.
Reabsorção de T3: os valores podem estar diminuídos devido ao aumento de globulina ligadora de tiroxina; a concentração de T4 não é alterada.
T4 total: as concentrações são levemente diminuídas com levonorgestrel; a concentração de T4 não é alterada.

Efeitos Colaterais de Pilem

Os efeitos adversos mais comuns são:
-náusea: ocorre em cerca de 23,1% das mulheres tomando Pilem.
-vômito: pode ocorrer em cerca de 5,6% das mulheres tomando Pilem. Se ocorrer vômito dentro de duas horas da administração das pílulas contraceptivas de emergência, a dose deve ser repetida;
-tontura (11,2%);
-fadiga (16,9%);
-cefaleia (16,8%);
-sensibilidade dos seios (10,8%);
-dor abdominal inferior (17,6%);
-outras reações adversas (diarreia e algum sangramento irregular ou sangramentos pontilhados) (13,5%).
Algumas mulheres podem experimentar pequenos sangramentos de escape após tomar Pilem. A maioria das mulheres terá seu período menstrual seguinte no tempo esperado ou mais cedo; se houver um atraso no início das menstruações de mais que uma semana, a possibilidade de gravidez deve ser excluída.

Posologia de Pilem

Um comprimido de levonorgestrel deve ser tomado o mais breve possível, conforme as indicações citadas, não ultrapassando 72 horas após o coito desprotegido. O segundo comprimido deve ser tomado 12 horas após a primeira dose. O tratamento não deve ser desnecessariamente tardio já que a eficácia pode declinar com o tempo. O levonorgestrel pode ser usado a qualquer período durante o ciclo menstrual.
Se ocorrer vômito dentro de 2 horas após a ingestão do comprimido, deve-se repetir a dose.