Bula Micostalab Suspensao

Bula Claritin-d
abril 29, 2017
Bula Sinvascor
abril 29, 2017

Apresentação de Micostalab Suspensao

Suspensão Oral 100.000 UI/mL – Embalagem contendo 1 frasco de 50 mL + 1 conta-gotas graduado.

Indicações de Micostalab Suspensao

Este medicamento destina-se ao tratamento da candidíase do trato digestivo. O Micostalab® suspensão oral é indicado para o tratamento de candidíase da cavidade bucal e do trato digestivo superior – esofagite por Candida – encontrada em pacientes com moléstias que necessitaram uso prolongado de antibióticos, radioterapia ou drogas imunodepressoras que provocaram queda de resistência orgânica e na Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS).

Contra-indicações de Micostalab Suspensao

Micostalab® é contraindicado para pacientes com história de hipersensibilidade a qualquer um de seus componentes.

Interações medicamentosas de Micostalab Suspensao

Não são conhecidas interações com outros medicamentos e/ou outras substâncias.

Efeitos Colaterais de Micostalab Suspensao

A nistatina é geralmente bem tolerada por todos os grupos de idade incluindo crianças debilitadas mesmo em terapia prolongada. Grandes doses orais ocasionalmente provocaram diarreia, distúrbios gastrintestinais, náuseas e vômitos. Erupções cutâneas, incluindo urticária raramente foram relatadas. Síndrome de Stevens-Johnson foi relatada muito raramente.
Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Posologia de Micostalab Suspensao

Para a aplicação da suspensão oral é recomendado que a higiene bucal seja feita de maneira adequada, incluindo os cuidados necessários com a limpeza de próteses dentárias.
A suspensão deve ser bochechada e mantida por vários minutos (o maior tempo possível) na cavidade oral antes de ser engolida. Nos lactentes e crianças menores deve-se colocar a metade da dose utilizada em cada lado da boca.
POSOLOGIA
Prematuros e crianças de baixo peso: Estudos clínicos demonstram que a dose de 1 mL (100.000 UI de nistatina) quatro vezes ao dia é efetiva.
Lactentes: A dose recomendada é de 1 ou 2 mL (100.000 a 200.000 UI de nistatina) quatro vezes ao dia.
Crianças e Adultos: A dose varia de 1 a 6 mL (100.000 a 600.000 UI de nistatina) quatro vezes ao dia.
A fim de evitar recidivas, o esquema posológico para todas as apresentações deve ser mantido no mínimo por 48 horas após o desaparecimento dos sintomas e da negativação das culturas.
Se os sinais e sintomas piorarem ou persistirem (após o 14º dia do início do tratamento) o paciente deverá ser reavaliado e considerar-se uma terapia alternativa.
Agite antes de usar.