Manchas vaginal entre os períodos

Como afetam o comportamento e a personalidade da genética?
agosto 8, 2017
Como acabar com o ronco a Noite?
setembro 19, 2017

O sangramento vaginal anormal entre os períodos pode ocorrer por várias razões, a maioria das quais não são graves. As manchas vaginais, por exemplo, podem ocorrer devido a alterações na sua rotina de exercícios.
Manchas vaginal entre os períodos

Outras mulheres, especialmente as meninas, podem ocorrer irregularidades menstruais, que incluem manchas vaginais entre os ciclos menstruais, devido ao exercício vigoroso. Os estudos demonstram que o treino pesado pode causar atraso na ocorre (o início da menstruação), ciclos irregulares e sangramento vaginal. No entanto, muitos outros fatores podem causar sangramento vaginal, além do exercício, mesmo se alguns podem atribuir-se a spotting ao exercício pesado ou regular.
As possíveis causas de manchas vaginais
É importante que as mulheres tenham uma consulta médica depois de um episódio de sangramento vaginal irregular, especialmente se a hemorragia é pesada ou prolongada. Embora a causa pode não ser grave, o melhor é obter um diagnóstico e tratamento adequado, conforme necessário.

Nunca pense que o sangramento é apenas devido ao exercício.
As possíveis causas de manchas vaginal incluem:
As alterações hormonais que causam sangramento uterino disfuncional.
O uso de pílulas anticoncepcionais ou outros medicamentos hormonais.
Uso de DIU (dispositivo intra-uterino) para o controle da natalidade.
Mudanças na dieta.
Stress.
Uma infecção no útero (como a doença inflamatória pélvica).
Espessamento do revestimento do útero (também conhecido como hiperplasia endometrial).
Recente ganho de peso ou perda de peso.
Cirurgia recente ou de uma lesão no útero.
Uso de alguns medicamentos, como anticoagulantes (varfarina ou Coumadin) ou esteróides.
Complicações da gravidez (aborto espontâneo, gravidez ectópica).
Certas condições médicas, tais como doenças da hipófise ou da tiróide, diabetes, doença hepática crônica ou lúpus eritematoso sistêmico.
Crescimentos não cancerosos (benignos) no útero, como educação dos filhos, pólipos uterinos e miomas uterinos.
Síndrome do Ovário Policístico (SOP).
Câncer do colo do útero.
Outros transtornos, eczemas.
Às vezes, você pode experimentar manchas depois de ter relações sexuais. Também é possível confundir o sangramento do reto, ânus ou o trato urinário com o sangramento vaginal. Chame o seu médico imediatamente se estiver grávida ou se o sangramento for acompanhado de dor abdominal, febre, fraqueza e tonturas. Você também deve procurar uma consulta médica se o sangramento for intenso ou prolongado.
Diagnóstico
A causa do sangramento vaginal pode ser determinada depois que o médico toma uma história médica detalhada e realiza um exame físico completo. Os testes clínicos e de laboratório, que podem ser feitos incluem análises de urina, teste de Papanicolau, teste de gravidez e de outros exames de sangue, como contagem de sangue completo, provas de função tireoidiana ou contagem de ferro. Também pode ser necessária uma amostra de tecido do colo do útero (biópsia endometrial), bem como uma ecografia pélvica.
Como prevenir as manchas vaginais
Você pode prevenir as manchas vaginais:
Manter um peso saudável. O sangramento vaginal é mais comum entre as mulheres com sobrepeso e baixo peso.
Tomar pílulas contraceptivas de acordo com o indicado, de preferência à mesma hora em cada dia, para evitar flutuações nos níveis hormonais.
Tomar terapêutica hormonal de acordo com as indicações, ao mesmo tempo, a cada mês.
Aprender a lidar com o estresse e praticar exercícios de relaxamento.
Tomar um fármaco anti-inflamatório não esteroides (AINES), como ibuprofeno ou naproxeno, que diminui a produção de prostaglandinas e reduz o sangramento menstrual.
Pedir conselho ao seu médico sobre exercício e dieta com relação à sua condição.