Bula Hemovirtus

Bula Arovit
abril 29, 2017
Bula Clinfar
abril 29, 2017

Apresentação de Hemovirtus

POMADA DERMATOLÓGICA
Bisnaga contendo 50g
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: USO TÓPICO
USO ADULTO
COMPOSIÇÃO
Cada g do produto contém:
extrato mole de Hamamelis virginiana Linné …………………………………… 6,66mg
extrato mole de davilla rugosa, Poirier ……………………………………………6,66mg
extrato mole de atropa belladona, Linné ………………………………………… 40,000mg
mentol …………………………………………………………………………….4,000mg
cloridrato de lidocaína (equivalente a 15mg de lidocaína base) ……………. 17,33mg
excipiente q.s.p. …………………………………………………………………1,000g
(metilparabeno, lanolina, petrolato branco, álcool etílico, propilenoglicol e água de osmose reversa)

Indicações de Hemovirtus

Hemovirtus® é indicado como auxiliar no tratamento tópico para o alívio sintomático das hemorroidas e varizes. Para melhor efeito, a pomada deve ser usada no local da hemorroida e das varizes.

Contra-indicações de Hemovirtus

Este medicamento é contraindicado para pacientes que apresentarem antecedentes de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.
Por conter Atropa belladonna, este medicamento é contraindicado para pessoas portadoras de glaucoma, íleo paralítico, estenose pilórica, hipertrofia prostática, coronariopatias, cardiopatia chagásica, pacientes sensíveis a qualquer alcaloide ou barbitúrico e gestantes. O uso de medicamentos tais como a pilocarpina, muscarina e arecolina diminuem a ação da Atropa belladona.

Uso na gravidez de Hemovirtus

Categoria C; Não foram realizados estudos em animais e nem em mulheres grávidas; ou então, os estudos em animais revelaram risco, mas não existem estudos disponíveis realizados em mulheres grávidas.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações medicamentosas de Hemovirtus

Interações medicamento-medicamento:
O uso de medicamentos tais como a pilocarpina, muscarina e arecolina inibem a ação da Atropa belladona presente neste medicamento.
Este medicamento não deve ser usado juntamente com outro medicamento neuroléptico (clorpromazina, sulpirida, haloperidol, flufenazina, fenotiazina) e que contenham alcaloides (vimblastina, vincristina, vinorelbina).
Pode ocorrer aumento da ação anticolinérgica se o uso deste medicamento associado a antidepressivos tricíclicos (amitriptilina, clomipramina, desipramina, imipramina, nortriptilina), anti-histamínicos (loratadina, maleato de dexclorfeniramina, betametasona), procainamida e quinidina.

Efeitos Colaterais de Hemovirtus

Reações cuja incidência não está determinada:
Não são encontrados relatos de eventos adversos com o uso tópico da Hamammelis virginiana, nem com a Davilla rugosa. O uso local da Atropa belladona pode provocar efeitos sistêmicos, particularmente em pacientes idosos e crianças, tai s como boca seca, dificuldade de falar e salivar, midríase e dificuldade de acomodação ocular, pele s eca, taquicardia e palpitações, consequentes do efeito inibitório dos receptores muscarínicos. Com o uso da lidocaína tópica pode ocorrer, durante ou imediatamente após a aplicação, edema e eritema, além da sensação anormal no local. Podem ocorrer também reações alérgicas e anafiláticas caracterizadas por urticária, angioedema, broncoespasmo e choque. Reações sistêmicas são raras com o uso da lidocaína tópica anorretal devido à pequena dose que é absorvida.
Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Posologia de Hemovirtus

Hemorroidas: Recomenda-se realizar as aplicações após evacuação intestinal e a higiene local. Lavar as mãos antes de manipular o produto. Retirar a tampa da bisnaga, remover o lacre e rosquear o bico aplicador. Em seguida introduzir o bico aplicador, delicadamente, na região anal. Pressionar levemente a bisnaga para que Hemovirtus® possa fluir uniformemente para as áreas afetadas através das aberturas laterais. A seguir, retirar lentamente o aplicador do ânus, desatarraxar o aplicador e tampar a bisnaga. Lavar as mãos após a aplicação, o aplicador deve ser lavado cuidadosamente com água morna e sabão. O tratamento deve prolongar-se por 2 ou 3 meses. Externamente, friccione a parte dolorida durante alguns minutos com pequena quantidade do produto, envolvendo-a depois com uma gaze, 2 a 3 vezes ao dia.
Varizes: Usar a pomada em ligeiras massagens (suaves e prolongadas no local, geralmente nas pernas). A duração do tratamento, para um efeito seguro, deve ser feita em um período de 2 a 3 meses.
Períodos maiores de uso consecutivo deste medicamento somente através de orientação médica.