Bula Ginbiloba

Bula Megalotect
abril 28, 2017
Bula Neovlar
abril 28, 2017

Apresentação de Ginbiloba

Comprimidos revestidos:
Embalagem contendo 30 comprimidos de 40 mg, 20 comprimidos de 80 mg e 10 comprimidos de 120 mg.
Solução oral:
Embalagem contendo frasco de vidro conta-gotas com 30 ml de solução oral.
COMPOSIÇÕES:
Cada comprimido revestido de 40 mg contém:
Extrato de Ginkgo biloba (Equivalente a 9,6 mg de glicosídeos ginkgoflavonóides)…………………40 mg
Excipiente – q.s.p…………………………………………………………………..1 comprimido revestido
Componentes não ativos: Celulose microcristalina, lactose, sílica coloidal, talco, estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose e dióxido de titânio.
Cada comprimido revestido de 80 mg contém:
Extrato de Ginkgo biloba (Equivalente a 19,2 mg de glicosídeos ginkgoflavonóides)……………….80 mg
Excipiente – q.s.p………………………………………………………………….1 comprimido revestido
Componentes não ativos: Celulose microcristalina, lactose, sílica coloidal, talco, estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose e dióxido de titânio.
Cada comprimido revestido de 120 mg contém:
Extrato de Ginkgo biloba (Equivalente a 28,8 mg de glicosídeos ginkgoflavonóides)……………..120 mg
Excipiente – q.s.p………………………………………………………………….1 comprimido revestido
Componentes não ativos: Celulose microcristalina, lactose, sílica coloidal, talco, estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose e dióxido de titânio.
Cada ml de solução oral contém:
Extrato de Ginkgo biloba (Equivalente a 9,6 mg de glicosídeos ginkgoflavonóides)………………..40 mg
Veículo – q.s.p……………………………………………………………………………………….1 ml
Componentes não ativos: Sacarina sódica, álcool etílico, corante amarelo e água destilada.

Informações sobre Ginbiloba

O Ginkgo biloba é um derivado fitoterápico obtido da Salisburia adiantifolia. O extrato de ginkgo biloba é constituido por substâncias terpínicas, de pró-antocianidinas e de glicosídeos flavonídicos.
Este extrato caracteriza-se por possuir as seguintes propriedades farmacológicas:
Um aumento da irrigação tissular, graças a sua atividade sobre a circulação arterial; sobre a circulação capilar e sobre a circulação venosa.
Uma ativação do metabolismo energético da célula que se manifesta no homem sofrendo de insuficiência cerebral crônica, por um aumento do consumo de glicose pelo cérebro e por quase uma normalização do consumo de oxigênio.
Uma diminuição do risco trombótico microcirculatório verificado pela diminuição nítida da agregação das plaquetas humanas incubadas na presença do extrato de ginkgo biloba.

Indicações de Ginbiloba

Indicado na insuficiência cerebrovascular e suas manifestações funcionais (vertigens, zumbidos, perdas de memória, cansaço das faculdades intelectuais, transtornos da motricidade, perturbações afetivas e do caráter).
Transtornos vasculares periféricos: arteriopatias dos membros inferiores e suas complicações tróficas, transtornos vasomotores distais e comprometimento da microcirculação (doença de Raynaud, parestesias, formigamentos, eritrocianose, fragilidade capilar, edemas idiopáticos ortostáticos).
Indicações terapêuticas complementares: Distúrbios neurosensoriais de causa vascular, em otorrinolaringologia e na oftalmologia; enxaqueca.

Contra-indicações de Ginbiloba

Contraindicado em pacientes com hipersensibilidade conhecida ao extrato de Ginkgo biloba.

Interações medicamentosas de Ginbiloba

Não são conhecidos casos de interação com outros medicamentos. O produto pode ser administrado concomitantemente com agentes antianginosos, uricosúricos, hipoglicemiantes orais e anticoagulantes.
Os efeitos diretos destas drogas não foram alterados nem potencializados pela administração simultânea do extrato de Ginkgo biloba.

Efeitos Colaterais de Ginbiloba

Raramente podem ocorrer distúrbios gastrointestinais e, especialmente nos casos de predisposição alérgica, transtornos circulatórios (queda de pressão arterial, lipotimia cefaleia) ou reações cutâneas.

Posologia de Ginbiloba

Comprimidos:
1 comprimido de 40 mg, 3 vezes ao dia, ou 2 comprimidos, duas vezes ao dia.
1 comprimido de 80 mg, 2 vezes ao dia.
1 comprimido de 120 mg, 1 veze ao dia.
Salvo a critério médico diferente, o produto deve ser administrado durante as refeições.
Solução oral 40 mg (gotas): 1 ml, três vezes ao dia, ou 2 ml duas vezes ao dia.
Salvo a critério médico diferente, o produto deve ser administrado durante as refeições.
Nota: Como outros preparados à base de extratos de plantas, após largo período de tempo, a solução oral do produto pode tornar-se turva, o que em nada afeta a eficácia do produto.