Bula Gastrol ➜ 【setembro 2018】

Bula Gastrol

Apresentação de Gastrol

VIA ORAL
USO ADULTO
FÓRMULAS:
Pastilha:
Cada pastilha contém:
hidróxido de magnésio …………………………………………………..185,0 mg
carbonato de cálcio ……………………………………………………… 231,5 mg
hidróxido de alumínio …………………………………………………….178,0 mg
Excipientes…………………………q.s.p………………………………. ..1 pastilha
Suspensão oral:
Cada mL contém:
hidróxido de magnésio …………………………………………………. 125,0 mg
carbonato de cálcio ……………………………………………………….. 50,0 mg
hidróxido de alumínio……………………………………………………. 180,0 mg
Excipientes……………………………q.s.p……………………………………..1 mL

Indicações de Gastrol

Como antiácido no tratamento sintomático da hiperacidez gástrica e suas complicações na
úlcera péptica.

Contra-indicações de Gastrol

Insuficiência renal. Tratamento simultâneo com Aureomicina. Pacientes que apresentem
hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Interações medicamentosas de Gastrol

Os antiácidos podem interagir com outros medicamentos pelo aumento do pH gástrico
alterando a desintegração, dissolução, solubilidade, ionização e tempo de esvaziamento
gástrico. A absorção de fármacos fracamente ácidos é diminuída, resultando possivelmente
em diminuição do efeito do fármaco (por exemplo: digoxina, fenitoína, clorpromazina e
isoniazida).
A absorção de fármacos fracamente básicos é aumentada resultando possivelmente em
toxicidade ou reações adversas (por ex: pseudoefedrina e levodopa). Os antiácidos podem
interagir também pela adsorção ou ligação aos fármacos em sua superfície resultando em
diminuição na biodisponibilidade (por ex: Tetraciclina). O hidróxido de magnésio tem uma
maior habilidade para absorver fármacos enquanto o hidróxido de alumínio tem uma
habilidade intermediária. Os antiácidos podem diminuir o pH urinário afetando o nível de
eliminação dos fármacos. O efeito é a inibição da excreção de fármacos básicos (por ex:
quinidina e anfetaminas) e aumento da excreção de fármacos ácidos (por ex: salicilatos). As
interações podem ser minimizadas dando um intervalo entre 2 a 3 horas entre administração
do antiácido e a do outro medicamento. A absorção do hidróxido de alumínio no trato
gastrintestinal pode ser aumentada se este é administrado concomitantemente com citratos
ou ácidos ascórbicos. Desta forma pacientes com insuficiência renal devem evitar o uso
concomitante dessas substâncias com compostos de alumínio.

Efeitos Colaterais de Gastrol

Antiácidos contendo magnésio podem ter um efeito laxativo podendo
causar diarréia, já antiácidos contendo alumínio podem causar constipação podendo levar a
obstrução intestinal.
A mistura magnésio/alumínio contida nos antiácidos é utilizada para evitar a alteração na
função intestinal.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM