Bloqueio do ramo esquerdo e direito

Atresia do tricúspide
Abril 1, 2017
Persistência do canal arterial
Abril 1, 2017

O bloco do ramo é uma condição cardíaca traduzido por perturbar a gestão de impulsos nervosos a nível dos ramos direito e esquerdo do feixe de Hiss. Assim, os registros de atraso ou até mesmo a interrupção da administração de impulsos nervosos ao nível dos dois ventrículos. Retardando a transmissão de impulsos nervosos determinar o atraso de contração de um dos ventrículos no relatório do segundo ventrículo.

A atividade elétrica do coração tem origem no nível do nó sinoatrial, localizado no nível da parte superior do átrio direito, a distribuição e, posteriormente, ao nível dos dois átrios e ao nível do nódulo atrioventricular. Ao nível do nódulo atrioventricular, o impulso elétrico que é distribuído a nível dos ventrículos através do feixe de Hiss. O feixe de Hiss são agrupados em um ramo do direito e o ramo esquerdo. Os ramos direito e esquerdo do feixe de Hiss transmitem impulsos elétricos ao nível dos ventrículos esquerdo e direito. Nas condições em que os ramos do feixe de Hiss funciona normalmente, os ventrículos esquerdo e direito são contratados quase que simultaneamente.

O bloco do ramo é produzido quando o nível dos ramos do feixe de Hiss, o impulso elétrico que é transmitido retardado, eu quero dizer as condições em que o ramo direito ou de ramo esquerdo é bloqueado. Como consequência deste bloco, o ramo é traduzido pelo rompimento de uma distribuição normal, simultânea e coordenada o impulso elétrico para os dois ventrículos.

• Doença de Lenegre é uma patologia caracterizada pela transformação da esclera do sistema de condução dos impulsos elétricos do coração e manifesta-se pelo aparecimento de bloqueio do ramo e / ou do bloqueio atrio – ventricular.

• Infarto do miocárdio é manifestada pela morte do músculo cardíaco do miocárdio, como resultado de obstruarii súbita da artéria coronária.

• Cardiomiopatia, um distúrbio da função do músculo do miocárdio, incluindo insuficiência cardíaca congestiva.

• Miocardite é uma infecção viral ou bacteriana do músculo cardíaco, o miocárdio.

• A hipertensão ou pressão arterial elevada.

• Pós-operatório, cicatrizes do coração.

• Malformações cardíacas congênitas, anomalias cardíacas do coração, presente desde o nascimento, bem como os defeitos do septo atrial ou comunicação anormal entre os dois átrios.

• Doenças das válvulas do coração, em particular, estenose aórtica calcificada, que consiste no estreitamento do orifício da válvula aórtica, como resultado da submissão dos depósitos de cálcio a este nível.

• Contusões ou potentes golpes sofridos na altura do peito.

• Hipercalemia ou aumentar o valor de potássio no sangue.

• Aguda articulares, reumatismo, doença inflamatória determinado pela ação de toxinas, estreptococos, que provoca inflamação nas articulações grandes e do coração, ou a difteria, doença infecciosa que pode determinar a ocorrência de multifocais ou febre tifóide.

• Medicamentos como a Digoxina ou Quinidina.

• Os efeitos da doença degenerativa do envelhecimento, tendo em conta que a prevalência do bloqueio do ramo aumenta com a idade.